Por que o terrorismo alimentar é tão perigoso?


Postado em 22/11/2019



Lidamos frequentemente com questões relacionadas ao nosso corpo. Na verdade, vivemos em um eterno dilema com a nossa aparência, e toda a abundância de informações a que estamos expostos todos os dias só piora as questões relacionadas a isso, principalmente no que diz respeito à alimentação. É justamente por questões relacionadas à nutrição que surge o “terrorismo alimentar”.
 

Muitas pessoas travam batalhas diárias contra o sobrepeso ou para perder aqueles quilinhos a mais, e, em meio à era da informação, é normal nos pautarmos em dietas da moda ou em personalidades da internet. É aí que mora o perigo, já que muitas dessas dietas são infundadas e sem base científica nenhuma.

VEJA TAMBÉM:

O que são macro e micronutrientes?

Apresentação de alimentos para as crianças

O que é a periodização nutricional?

Por que discutir a alimentação é tão importante para as pessoas com ansiedade ou depressão

Cada hora a moda fitness escolhe um alimento-vilão: uma hora é o glúten; outra, o açúcar; depois, a frutose... Bem, na verdade, não existe nenhum estudo científico que comprove a eficiência de dietas radicais ou os benefícios da restrição total de alguns nutrientes para melhorar nossa aparência física. Muitas vezes, essas regras podem prejudicar a nossa saúde física e mental e nossa vida social.

 

É normal vermos a demonização de certos alimentos, mas a realidade é que podemos consumir de tudo, exceto quando estamos passando por um quadro alérgico ou coisa parecida. Porém, tudo precisa ser consumido com equilíbrio.
 

O excesso de informações pode ser considerado um grande vilão, já que causa uma verdadeira confusão na cabeça das pessoas. O açúcar, os carboidratos e o glúten, por exemplo, são importantíssimos para a manutenção da nossa saúde. Vale a máxima de que o que é ruim é o excesso e a relação disfuncional com a nutrição, e não cortar radicalmente esses alimentos.
 

As consequências do terrorismo alimentar são muito sérias, podendo causar até transtornos alimentares, pois comer se torna um estresse e não um alívio ou algo que fazemos para o nosso bem, e isso é completamente inadequado. O que acaba acontecendo, muitas vezes, é a criação de um medo em relação aos alimentos, e isso não ajuda em nada quem quer emagrecer ou manter sua saúde física.
 

0800 767 8727
(11) 94548-3386




Outros Links