O que é o efeito rebote na Farmacologia?

O que é o efeito rebote na Farmacologia?

image

Vivemos, há muitos anos, um equívoco enorme no que diz respeito ao uso de medicamentos. Muitas pessoas se automedicam sem orientação médica, ação que pode trazer problemas sérios à saúde. Uma das consequências desse equívoco é o efeito rebote, que acontece justamente quando todos os sintomas da doença voltam após o fim do tratamento.
 

Efeito rebote de medicamentos
 

Ao passar por um efeito rebote, nosso corpo pode apresentar, em maior intensidade, todos os sintomas que estava combatendo. Isso pode acontecer com pessoas que utilizam medicamentos em grandes quantidades ou que se esquecem de tomar os remédios de uso controlado.
 

VEJA TAMBÉM:

O perigo do consumo excessivo de remédios

Remédios à base de Cannabis são liberados pela Anvisa

A volta do sarampo assusta as autoridades e a população

A fitoterapia e o tratamento de doenças

Nosso organismo, após o uso de um medicamento, tenta recuperar seu equilíbrio, forçando-se para a direção oposta à da substância que estávamos ingerindo. Por exemplo, quando paramos abruptamente um tratamento contra insônia ou quadro ansioso, percebemos o nosso nível de ansiedade aumentar ou a insônia voltar.
 

Por isso, ao final de um tratamento medicamentoso, é preciso diminuir o uso gradativamente. Muitos dos medicamentos que combatem a insônia, antidepressivos e outros, que combatem os mais diversos tipos de dor, podem causar o efeito rebote. Para interromper qualquer tipo de tratamento é preciso acompanhamento médico. Junto a um especialista, faz-se isso da forma correta, e os efeitos colaterais diminuem.
 

Conheça a nossa Pós-Graduação em Farmacologia Clínica: https://bit.ly/2YiU1xt