O que é estomaterapia e qual o papel do enfermeiro com essa especialização?


Postado em 07/02/2020



A estomaterapia é uma especialidade exclusiva do enfermeiro. O profissional dessa área atua no cuidado da pessoa com estomias, feridas agudas ou crônicas, fístulas, cateteres, drenos e incontinências. A prática foi instituída no Brasil em 1990, portanto, é uma prática relativamente nova no país, e consequentemente, uma área de atuação que provoca muitas dúvidas.

VEJA TAMBÉM:

Por que o enfermeiro é tão importante no tratamento do paciente oncológico?

DF aprova nova lei que permitirá acompanhante para os internados na UTI

Brasil adere à grande campanha de valorização do enfermeiro

O que a boa gestão faria por nossa saúde?

A importância do estomaterapeuta

 

O enfermeiro com essa especialidade é importantíssimo para o tratamento médico que se refere à pele. No que diz respeito ao atendimento do paciente, o enfermeiro é o responsável por ajudar na prevenção, terapia e reabilitação, sempre buscando proporcionar qualidade de vida.
 

De acordo com cada quadro, o estomaterapeuta irá buscar as melhores estratégias de tratamento e prevenção, isso tudo com o objetivo de manter a integridade da pele. Sua presença é importantíssima para o acompanhamento de alguns casos como a ferida crônica onde, junto ao tratamento, o enfermeiro fará a orientação para os familiares manterem a rotina de troca de curativos e higiene de maneira adequada.
 

O cuidado que vai além do tratamento
 

Quando falamos de problemas relacionados à pele, a autoestima faz parte do processo de tratamento. As pessoas que sofrem com problemas de pele ou bolsa de estomia enfrentam o desafio diário: aceitar a sua situação atual e manter sua autoestima elevada. Em muitos casos, a pessoa pode se sentir envergonhada e se isolar socialmente.
 

O enfermeiro estomaterapeuta também tem um papel importante na restauração da autoestima do paciente, ajudando-o a fortalecer sua confiança e o motivando a retornar a suas atividades cotidianas.
 

Atuação no mercado
 

A estomaterapia é uma especialidade consideravelmente nova no mercado, portanto, podemos enxergar uma carência do mercado por enfermeiros com essa especialização. A atuação do estomaterapeuta dentro do ambiente hospitalar é essencial, porém o profissional precisa de um curso de Pós-Graduação em seu currículo para a sua atuação. A Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) oferece o curso de Pós-Graduação em Estomaterapia. Saiba mais informações: https://bit.ly/2H5atJ9


 

0800 767 8727
(11) 94548-3386




Outros Links