O que é dissociação?

O que é dissociação?

image

A dissociação é um fenômeno da psicopatologia no qual acontece uma desconexão temporária do indivíduo com a realidade que está vivendo, podendo ele sofrer com a desconexão com seus pensamentos, suas emoções, sua memória e até com sua própria identidade. Em casos mais graves, a pessoa não consegue distinguir se o que está vivendo é ou não real. 
 
 
Dissociação de personalidade 
 
Em boa parte das vezes, a dissociação não é considerada uma patologia e pode surgir por causa de traumas psicológicos de diversos tipos. A dissociação só é considerada doença quando acarreta sofrimento ou disfuncionalidade. Em geral, passamos alguns momentos leves de dissociação durante o dia, como quando estamos tão concentrados em uma conversa que ignoramos todo o resto à nossa volta, ou quando estamos batendo papo e, no segundo seguinte, esquecemos tudo e iniciamos outra atividade. 
 
A dissociação de personalidade pode acontecer com qualquer pessoa, de qualquer idade, independentemente de ter em seu histórico sofrido com doenças psiquiátricas. O ideal é consultar um profissional de psiquiatria caso os sintomas estejam afetando diretamente sua vida, pois ele indicará o tratamento adequado para amenizar a situação. 
 
Fatores de risco para o desenvolvimento da dissociação da realidade 
 
Todos estamos propensos a desenvolver um quadro dissociativo, porém, quando estamos inseridos em uma rotina turbulenta, com muitas situações de estresse e ansiedade, a dissociação pode aparecer com maior facilidade. 
 
Sintomas da dissociação 
 
Despersonalização: é a capacidade de não se reconhecer no próprio corpo ou mente. Há uma sensação iminente de desapego, como se a pessoa estivesse vivendo fora no corpo. Podemos compará-la a um jogo em terceira pessoa, no qual o indivíduo poderá se enxergar de outra perspectiva. 
Irrealidade: alguns indivíduos podem viver como se o mundo não fosse real, como se estivessem em um sonho. A sua percepção do mundo ocorre de forma completamente distorcida e distante, e há uma resistência para entenderem se o que estão vivendo está de fato acontecendo. 
Amnésia dissociativa: há casos em que a pessoa esquece acontecimentos e informações importantes. Muitos relatam não se lembrar da data de aniversário, por exemplo. 
Alteração de identidade: ocorre quando o indivíduo passa a ter dúvidas sobre quem ele realmente é. Acontece toda uma distorção sobre o espaço e o tempo, e, nesse caso, uma pessoa adulta, por exemplo, pode acreditar que tem 10 anos de idade, mudando inclusive seu comportamento e seu tom de voz. 
 
Tratamento da dissociação 
 
No caso da autopercepção dos sintomas da dissociação, o ideal é procurar ajuda psiquiátrica e psicológica para que o quadro seja tratado de forma adequada. No caso de traumas, os profissionais poderão recomendar a melhor forma terapêutica de abordar a situação e recuperar a qualidade de vida do paciente. 
 
 
FONTE: https://amenteemaravilhosa.com.br/dissociacao-fenomeno-mente/