O impacto da pandemia na saúde mental, física e financeira da população mundial

O impacto da pandemia na saúde mental, física e financeira da população mundial

image

O distanciamento social causado pela pandemia do novo coronavírus foi devastador para muitas pessoas. O isolamento causou muitos problemas sociais, como desemprego e doenças mentais, fora toda a pressão para lidar com uma crise de saúde pública. Em uma pesquisa recém-realizada, o Brasil liderou o ranking de países mais afetados com problemas de saúde mental, física e financeira.
 

A pesquisa foi realizada pela Experian, com três mil entrevistados, em países como Brasil, Estados Unidos, Reino Unido, Japão e França. Os brasileiros que foram entrevistados relataram dificuldades financeiras, problemas de estresse, ansiedade e problemas físicos, como aumento de peso.

VEJA TAMBÉM:

Os casos de burnout durante a pandemia

O tema da redação do Enem em 2021 é de extrema importância

Por que a Psicologia Positiva é tão importante nos dias de hoje?

Cultivar uma mente saudável pode ajudar a preparar os atletas durante o distanciamento social

Os problemas emocionais surgiram com maior intensidade durante o período de quarentena, levando muitas pessoas aos consultórios psicológicos. Além disso, manter as finanças em dia foi grande um desafio, já que a pandemia impôs na vida dos brasileiros uma série de dificuldades, e muitos até perderam os seus empregos.
 

A longo prazo, o que podemos prever é que o impacto da pandemia ainda gerará algumas adversidades em nossas vidas. Ao mesmo tempo, porém, esse período de isolamento foi importante para a reinvenção e a reflexão, e muitas pessoas reavaliaram questões de suas vidas.