Cultivar uma mente saudável pode ajudar a preparar os atletas durante o distanciamento social

Cultivar uma mente saudável pode ajudar a preparar os atletas durante o distanciamento social

image

Durante o começo do distanciamento social causado pela pandemia do coronavírus, muitas pessoas tiveram que alterar completamente a sua rotina. Um dos setores mais afetados foi o de eventos esportivos. Os atletas se depararam com um momento de paralisação total; até os treinos diários tiveram que ser alterados e passaram a ser feitos de dentro de casa.
Quando falamos de esporte, a mente precisa estar tão trabalhada quanto o corpo, por isso, muitos psicólogos indicam que os atletas também podem usar o poder da mente para melhorar sua performance.

 

Através de uma assistência psicológica frequente, os atletas conseguem manter o seu nível de performance trabalhando basicamente o fortalecimento da mente. A conquista de uma mente mais forte pode ser feita por meio da leitura de livros, de análises de vida, da realização de tarefas e até através de filmes.

VEJA TAMBÉM:

A inteligência emocional é um ponto a ser aperfeiçoado pelos líderes

O trabalho voluntário é importante para a sua vida pessoal e profissional

O fim de um relacionamento e as nossas reações cerebrais

Por que a Psicologia Positiva é tão importante nos dias de hoje?

Além disso, os atletas precisam valorizar e prestar atenção nos processos mentais, pois é do cérebro que vem a capacidade emocional e racional que nos ajuda a lidar com as adversidades, e, claro, uma mente saudável também consegue tomar decisões adequadas.
 

A comunidade do esporte ainda tem muita resistência quanto ao trabalho psicológico, mas ter o apoio de um psicólogo dentro de sua equipe multidisciplinar é essencial para um bom rendimento. Os atletas lidam com uma série de situações em seu dia a dia que podem acabar gerando estresse, ansiedade, depressão, dificuldade de concentração, entre outros problemas. Por isso, ter a psicoterapia em sua rotina ajuda os atletas a ficar mais fortalecidos.
 

Esse conselho não vale apenas para esse momento de pandemia, mas a assistência psicológica deve continuar e se tornar rotineira. A nossa mente também precisa de treino, e quando nosso trabalho requer um tremendo esforço físico, precisamos também atentar para a qualidade de nossa saúde cerebral.
 

Conheça o curso de Pós em Autoconhecimento: em Busca do Desenvolvimento Integral, da USCS: https://bit.ly/2ZgFsbn