Antropologia e Semiótica do Consumo no Neuromarketing: o contexto simbólico e cultural da atividade

Antropologia e Semiótica do Consumo no Neuromarketing: o contexto simbólico e cultural da atividade

image

A Antropologia e a Semiótica do Consumo são disciplinas fundamentais para o entendimento do ser humano e das teias de significados e significações nas quais estamos envolvidos. A compreensão das dimensões culturais e simbólicas da humanidade são muito importantes para qualquer desafio de Comunicação, ações e estratégias de Marketing, Branding e para o campo do Design de Produtos e Serviços.

Tanto a Antropologia, quanto a Semiótica do Consumo, são campos de conhecimento importantes para a atuação em Neuromarketing. Compreender os processos físicos, químicos e biológicos que sustentam a atividade cerebral dos indivíduos e sua atuação como consumidores ou clientes, também requer compreender os contextos culturais e simbólicos dos quais estes indivíduos fazem parte.

 

VEJA TAMBÉM:

Neurociência do consumidor explica lealdade à marca

Neuromarketing e Anúncios afetivos x cognitivos

Neuromarketing, Publicidade e Emoção

Neurociência do consumidor versus Neuromarketing


Enquanto a Semiótica dá conta da dimensão simbólica de nossas vidas, buscando compreender as cadeias entre os signos e os significados que usamos em nossa comunicação e interação verbal, escrita ou de outra natureza. A Antropologia tem como base metodológica a etnografia que se refere a uma capacidade de compreensão e análise das relações culturais, comportamentais, de valores e hábitos, sem julgamento e de maneira empática.

Há algumas décadas, ambas as disciplinas vêm sendo aplicadas no campo do consumo, comportamento e a experiência do cliente, oferecendo conhecimento sobre o consumidor para direcionar processos de tomadas de decisão estratégica, tática e de inovação. Trata-se de conhecimentos complementares ao Neuromarketing e fundamentais para profissionais do campo.
 
Nesta disciplina, através de uma constante exposição dialogada com as alunas e alunos, são apresentados os conceitos básicos de ambos os campos, assim como, cases práticos e aplicados de mercado. Será possível praticar em sala e montar um projeto de pesquisa e análise antropológica e semiótica.

A Netnografia será apresentada e praticada como uma das ferramentas para o entendimento do consumidor, seus hábitos e valores em relação a uma dada categoria de produtos ou serviço.

Escrito por Amanda Gross