A neurociência ajuda a trazer mais felicidade para a sua vida e conforto para o seu cérebro

A neurociência ajuda a trazer mais felicidade para a sua vida e conforto para o seu cérebro

image

A impressão é que temos sempre que estar em busca da felicidade, né? O ser humano, por natureza, está sempre tentando alcançar o bem-estar aliado à alegria de viver. A neurociência estuda profundamente aspectos cerebrais importantes dos indivíduos, e você pode apropriar-se dessa ciência para viver uma vida mais feliz.
 

VEJA TAMBÉM:

Janeiro Branco

Neuromarketing e Anúncios afetivos x cognitivos

Por que a Psicologia Positiva é tão importante nos dias de hoje?

Antecipar o comportamento do consumidor virou uma tendência nas empresas

Viver uma vida mais feliz é o resultado de pequenos esforços que fazemos em nosso dia a dia. Você pode mudar completamente sua perspectiva com algumas atitudes simples, como:
 

•    Reserve um momento de seu dia para escutar músicas, principalmente aquelas que fizeram parte de um momento feliz em sua vida. Uma canção tem um grande poder sobre o nosso cérebro, podendo trazer bem-estar e uma ótima lembrança. Talvez esse seja o toque que falta em seu dia.
•    Sorria. Esse pequeno ato pode mudar um dia ruim. Quando você sorri, seu cérebro entende que está vivendo um momento de alegria, e isso proporciona bem-estar para todo o seu organismo.
•    Em um dia difícil, você pode planejar a sua mente para pensar em seus objetivos de longo prazo. Quando entendemos que os problemas são inevitáveis e que haverá dias ruins, aprendemos a lidar com esses desafios. Quando focamos determinado objetivo que vamos realizar no futuro, esquecemos o problema e damos ao cérebro um alívio. Isso ajuda na liberação de dopamina. Portanto, sempre que estiver se sentindo mal, pense que esse momento será importante para a construção de seu sonho.
•    Cuide da sua rotina de sono. Dormir mal ou sofrer com a insônia são coisas extremamente prejudiciais ao cérebro; por isso, se você estiver sofrendo com esses problemas, procure ajuda. Todavia, talvez você consiga resolver isso por meio da criação de um ritual antes de dormir. Dessa forma, o cérebro se prepara para o descanso e começa o processo de relaxamento.

 

A neurociência estuda conceitos importantíssimos para os seres humanos, e esse campo tem se tornado cada vez mais popular. A USCS oferece o curso de Pós-graduação em Comportamento Humano e Neurociência, que tem o objetivo de:
 

- Fornecer novas maneiras de compreender a consciência e a sociedade a partir da perspectiva neurocientífica.
- Explorar as interfaces entre a subjetividade sociocultural e os conceitos neurocientíficos.
- Examinar como o cérebro medeia a interação social e a cognição.

 

Em um mundo cada vez mais multicultural, é imprescindível compreender os processos de aprendizagem social e emocional, entendendo suas bases teóricas e propondo atividades de intervenção.

O curso oferece uma visão abrangente sobre a evolução da consciência humana como um movimento contínuo, que teve início nos organismos primitivos que precisavam coordenar os processos internos e ambientais (garantir a sobrevivência), passou pelas emoções primordiais e pela construção de grupos sociais em primatas, até se chegar ao ser humano, com a criação da subjetividade, da cultura e, mais recentemente, da inteligência artificial.

Desse modo, reconfigura as fronteiras entre distinções ontológicas reconhecidas como certas em relação a conhecimentos neurocientíficos e comportamentos humanos sociais e culturais.

 

Saiba mais sobre a Pós em Comportamento Humano e Neurociência da USCS: https://bit.ly/3t2Wh7z