A ioga pode ser uma grande aliada da saúde dos idosos e de pacientes com demência

A ioga pode ser uma grande aliada da saúde dos idosos e de pacientes com demência

image

A ioga surgiu na Índia e sua base vem dos princípios e das disciplinas físicas e mentais indianas. A técnica tem bastante influência do budismo e do hinduísmo. A palavra ioga vem do sânscrito e significa unir, integrar e totalizar. Quem pratica ioga alcança a sensação de bem-estar por meio da integração do ser.
Um dos objetivos da ioga é silenciar a mente, e essa ação é uma poderosa aliada da saúde e do bem-estar nos dias de hoje. A técnica tem se mostrado bastante importante para a manutenção da saúde de diversos grupos, como pessoas com demência, problemas cardiovasculares e quadros de estresse, depressão e ansiedade.

 

Pesquisas indicam os diversos benefícios que a ioga traz para pessoas com demência e também aquelas que estão se recuperando de um infarto. Pessoas que iniciaram uma rotina de meditação e ioga tiveram uma taxa de mortalidade mais baixa se comparadas com aquelas que não praticavam nenhuma dessas atividades.

VEJA TAMBÉM:

O que é treino HIIT?

Por que ter uma equipe de enfermagem humanizada é tão importante?

A importância e a complexidade da atividade física para a pessoa com deficiência

Fazer atividade física sem orientação profissional pode ser muito perigoso

Ioga para idosos com diferentes tipos de demência

Há uma derivação da ioga que pode ser praticada na cadeira, sob orientação de um profissional e com autorização médica. Por isso, idosos que estão passando por um quadro de demência podem praticar os exercícios tranquilamente e, claro, aproveitar os benefícios que a técnica traz para a sua saúde.
 

Ao longo de uma rotina de exercícios, é possível notar em pacientes com demência a redução da agitação e dos níveis de ansiedade e depressão. A ioga, quando praticada na cadeira, trabalha a flexibilidade e a força, bem como ajuda a pessoa a se alongar.
 

Profissionais que visam trabalhar o bem-estar de diversos grupos
 

Em virtude da vida moderna, as pessoas se encontram em uma rotina agitada e lotada de atividades. Por isso, é importante que profissionais engajados nas causas de saúde mental e física invistam no aperfeiçoamento pessoal e profissional para atender ao aumento da procura por atividades diversas, como a própria ioga e a meditação.
 

A Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) oferece o curso de Pós-Graduação em Autoconhecimento: em Busca do Desenvolvimento Integral, direcionado a profissionais engajados em causas relacionadas ao bem-estar.
 

O curso tem por finalidade a capacitação e o aperfeiçoamento de profissionais de diferentes áreas para que atuem de acordo com a perspectiva do paradigma integral, que busca uma compreensão ampla da humanidade e do universo pela combinação de contribuições da filosofia, da psicologia, da sociologia e da espiritualidade de forma integrada, buscando referências tanto nas tradições místicas ocidentais como nas orientais, propiciando uma abordagem mais completa e holística, unindo corpo-mente-espírito na busca do desenvolvimento por intermédio do autoconhecimento.
 

Saiba mais informações sobre a Pós: http://bit.ly/2F33QDs