Fazer atividade física sem orientação profissional pode ser muito perigoso


Postado em 04/11/2019



É certo que a recomendação geral sempre é voltada para a prática diária de atividade física, correto? Qualquer movimento é válido, até uma simples caminhada de 30 minutos por dia. Porém, é importante ter a orientação de um profissional para fazer qualquer tipo de atividade, principalmente as de alta intensidade.
 

Atividade física e qualidade de vida
 

O princípio dessa recomendação é proporcionar mais qualidade de vida, porém, quando nos propomos a fazer atividade física sem orientação profissional, corremos um risco muito grande de sofrer sérias consequências. As articulações são as que mais sofrem por causa do treino sem acompanhamento profissional, mas não para por aí: podemos desenvolver problemas cardíacos e de pressão arterial e até tendinite.
 

VEJA TAMBÉM:

A importância do alongamento

Como faço para ter uma vida menos sedentária?

É importante praticar atividade física, porém, sem exageros

Lei mudou para sempre o trabalho do profissional de Educação Física da Paraíba

É preciso procurar orientação médica e profissional antes de iniciar qualquer tipo de esporte. Não se prenda àquelas receitas básicas que encontramos na internet, como planos de treino funcional para fazer em casa. Tudo que tem orientação profissional tem mais chances de eficiência e menor risco de causar lesões.
 

Através de exames médicos e de uma avaliação física, o personal trainer terá um panorama do seu estado físico e de suas limitações e poderá traçar o treino perfeito para o seu organismo. E claro, dessa forma, fica mais fácil para o seu professor entender as suas necessidades e ajudá-lo a cumprir suas metas.
 

Conheça o nosso curso de Pós-Graduação em Musculação e Treinamento de Força: https://bit.ly/2NwWX0U

0800 767 8727
(11) 94548-3386




Outros Links