O setor de estética em meio à pandemia e no começo do verão

O setor de estética em meio à pandemia e no começo do verão

image

O ano de 2020 foi completamente atípico para todos nós. No mercado de estética, o cenário não poderia ser diferente.
No começo do isolamento social, muitas clínicas de estética sofreram com o encerramento repentino das suas atividades, e, aos poucos, os profissionais tentam recuperar o tempo perdido.

 

A pandemia ainda não acabou, porém, podemos observar um afrouxamento nas medidas de isolamento, o que impacta diretamente no mercado de estética. Na verdade, verificamos que, com a proximidade do verão, as pessoas estão em busca de procedimentos estéticos. Cuidar da aparência física é quase uma obrigação para a maioria dos brasileiros, porém, durante essa crise de saúde pública, muitos deixaram de lado esse tipo de procedimento, mas agora o mercado tende a ser reaquecido.

VEJA TAMBÉM:

Cuidados com a pele durante a gestação

Os cuidados com a pele variam de acordo com a idade

O que é fisioterapia dermatofuncional e o que fazem os profissionais com essa especialização

Os gastos com tratamentos estéticos viraram uma prioridade na vida das pessoas

Os procedimentos estéticos desempenham um papel importantíssimo no bem-estar e na saúde das pessoas. Podemos até considerá-los como uma estratégia para enfrentar os dias mais difíceis, como os que vivemos neste ano. Com a impossibilidade de viajar, ir a festas e desfrutar de uma vida social mais ativa, muitos têm encontrado nos tratamentos estéticos uma forma de recuperar a autoestima.
 

Por isso, o setor de estética poderá lidar com um aumento repentino na procura por procedimentos para tratar o corpo e o rosto. Será bastante comum a procura por tratamentos para gordura localizada, celulite, flacidez, harmonização facial, botox e várias outras técnicas. E os profissionais precisam estar preparados para atender a esse aumento de demanda.
 

Conheça a Pós em Biomedicina Estética SP: https://bit.ly/39VPvaK