Os cuidados com a pele variam de acordo com a idade

Os cuidados com a pele variam de acordo com a idade

image


O envelhecimento muda completamente nossa aparência. Essas mudanças acontecem gradativamente, e cada indivíduo responde de uma forma diferente a esses efeitos. Os cuidados com a pele se tornam primordiais para aqueles que querem envelhecer com qualidade e com uma aparência rejuvenescida, e existem cuidados específicos para cada fase de nossa vida.

Adéque a sua rotina de skincare de acordo com a sua idade

 

Quanto mais cedo você começar a cuidar da sua pele, melhor a sua aparência ficará ao envelhecer. Engana-se quem pensa que esse tipo de cuidado só deve ser iniciado quando se chega à idade avançada: é indicado começar a cuidar melhor da pele aos 20 anos de idade.
 

Há uma série de cuidados que são essenciais, independentemente da idade. Um deles é o uso diário de protetor solar, mesmo para aquelas pessoas que só ficam em casa. É importante ressaltar que as linhas finas ao redor dos olhos aparecem em virtude da exposição ao sol, por isso, proteja-se.
 

É aos 20 anos que já começam a aparecer as manchas de pele, e isso pode indicar que a sua pele está sofrendo com o envelhecimento precoce. É preciso hidratar a pele diariamente, tomar banhos de curta duração, com a água em temperatura ambiente.

VEJA TAMBÉM:

Tecaterapia: efeitos e benefícios

O combate a estrias através da carboxiterapia

Como administrar a sua clínica de estética de forma eficiente?

O que é fisioterapia dermatofuncional e o que fazem os profissionais com essa especialização

Além disso, cultivar o hábito de frequentar um dermatologista em sua rotina trará muitos benefícios para a sua pele. É pela orientação médica que você poderá fazer o uso de uma série de produtos que melhoram o aspecto da sua pele.
 

A partir dos 30 anos, a pele já começa a demonstrar mais sinais do envelhecimento, como linhas de expressão e flacidez nas pálpebras. Para amenizar os efeitos do tempo em nossa pele, podemos realizar uma série de procedimentos, como a aplicação de Botox, o preenchimento de ácido hialurônico, o uso de laser e de luz intensa pulsada, a radiofrequência e os peelings químicos, que melhoram a aparência de forma profunda.
 

O uso de ácidos noturnos pode ser uma opção para as pessoas com pele madura, a partir dos 41 anos. Nessa fase, as manchas ficam mais evidentes, e as linhas de expressão, mais definidas. Além disso, o contorno facial também passa a sofrer com a flacidez.
 

A partir dos 50 anos de idade, o profissional do setor de estética pode indicar séruns, antioxidantes, hidratantes, filtro solar, ácidos, produtos anti-idade e suplementos vitamínicos que podem ajudar a amenizar os efeitos do tempo na pele. É importante ressaltar que o profissional de estética é importantíssimo no processo de cuidados com a pele, por isso, não abra mão da orientação especializada.

Conheça o curso de Pós-graduação em Enfermagem Estética: https://bit.ly/3ngJVF3