Jato de plasma: o que é e para que serve?

Jato de plasma: o que é e para que serve?

image

Você já ouviu falar no jato de plasma? 
 
Fique ligado no artigo abaixo e entenda mais sobre esse procedimento.
 
O jato de plasma é um procedimento muito utilizado em clínicas de estética e que tem diversas funcionalidades. 

Leia também:
 
 
 
 
 
 
Ele é o quarto estado da matéria, em que os elétrons se separam do átomo, produzindo assim um gás ionizado. Ao atingir a camada superficial da pele, o jato de plasma produz um dano termal que estimula a produção de proteínas na nossa pele. 
 
O jato de plasma é feito através de uma caneta ou aparelho que estimula a produção de colágeno e fibras elásticas.
 
Ele pode ser usado para tratamentos de rugas, linhas de expressão, manchas escuras na pele, cicatrizes, verrugas, proporcionando um peeling profundo, rejuvenescendo a pele e, principalmente, ajudando na flacidez das pálpebras. 
 
O grande diferencial desse tratamento é que ele causa pequenas lesões na pele, não deixa marcas nem cicatrizes e acelera o rejuvenescimento celular. 
 
Em quais regiões se pode realizar o jato de plasma?
 
Ele pode ser realizado em locais como: rugas e linhas de expressão, áreas que tenham manchas de sol, olheiras, regiões com cicatrizes de acne, estrias brancas e vermelhas, entre outros. 
 
Diferença entre o plasma e o eletrocautério 
 
O jato de plasma e o eletrocautério parecem ser da mesma tecnologia, mas têm algumas diferenças que muitos desconhecem. 
 
O jato de plasma gera plasma, corrente de alta tensão e intensidade, e é utilizado para diversos tratamentos.
 
O eletrocautério não gera plasma; as correntes variam entre baixa e alta tensão, e é utilizado para peeling elétrico e remoção de manchas. 
 
Cuidados pós-tratamento
 
O procedimento gera algumas lesões que ficam aparentes por cerca de 7 a 15 dias após a realização do procedimento. Por isso, é muito importante que o paciente evite a exposição ao sol no primeiro dia, hidrate a pele e siga as orientações do profissional de estética. 
 
Existem contraindicações?
 
É preciso ser feita uma avaliação antes de iniciar o procedimento, que não é indicado para áreas que tenham feridas abertas, sobre o útero de mulher grávida, em pacientes com marca-passo, entre outros.
 
Quanto tempo dura o procedimento na pele?
 
Não existe um tempo exato para a permanência do resultado do procedimento. Como ele tem por objetivo estimular o colágeno, a duração depende da pele de cada paciente e se este cuida adequadamente da região tratada. 
 
Quer entender mais sobre esse procedimento inovador? Veja o vídeo abaixo:
 

 
O vídeo aborda a física de formação do plasma e a diferença entre eletrocautério e plasma.
 
Acesse nosso site e confira nossos cursos disponíveis na área da estética