Curiosidades sobre a pele humana

Curiosidades sobre a pele humana

image

A pele é o maior órgão do corpo humano, pois cobre todo o nosso corpo, protegendo-nos da entrada de microrganismos. É quase como se fosse uma barreira contra algumas ameaças do mundo e está sempre exposta ao sol e a substâncias e bactérias de vários tipos. Além disso, a pele está sob cuidados constantes, sejam eles estéticos ou não. 
 
VEJA TAMBÉM:
 
Listamos algumas curiosidades sobre esse importante órgão do corpo humano: 
 
A pele é formada por três camadas: a epiderme, que funciona como uma proteção externa; a derme, onde estão localizados os vasos sanguíneos, as raízes de pelos e as glândulas; e a hipoderme, que é camada mais profunda, na qual fica a gordura que ajuda na manutenção da temperatura do corpo. 
A pele corresponde a 15% do peso corporal de uma pessoa adulta (cerca de 4 kg). 
A cada 28 dias, a pele passa por um processo no qual as células se renovam, e isso pode acontecer naturalmente, em uma simples atividade do dia, como deitar na cama ou tomar banho, por exemplo. 
A pele é sensível e ajuda nosso organismo a perceber uma série de sensações, como cócegas, dor, temperatura e pressão. 
Ficam em nossas peles três tipos de células: queratinócitos, melanócitos e as células de Langerhans. 
O processo de envelhecimento dá um aspecto diferente para a pele, contribuindo para a perda de elasticidade e de gordura, que são responsáveis por sua firmeza. Por isso, é comum que fiquemos com uma sensibilidade mais aguçada e também com a espessura da pele um pouco mais fina. 
Nossa pele é capaz de produzir mais de 11 litros de suor por dia. 
A pele pode ser dividida em quatro tipos: seca, oleosa, mista e normal. 
Na superfície de nossa pele ficam milhares de células mortas, e nosso corpo elimina todo esse material naturalmente, podendo perder cerca de 50 mil células por minuto. 
Após os 30 anos de idade, a renovação celular sofre uma lentidão de cerca de 20%. 
 
A área de estética é uma das responsáveis por estudar e tratar uma série de problemas que podem afetar a pele. Os profissionais da área fazem esforços contínuos para cuidar desse órgão tão importante do corpo humano, trazendo procedimentos inovadores que proporcionam não só uma melhora estética, mas também muita saúde. 
 
As complexidades das necessidades da pele humana precisam ser entendidas por um profissional da área de estética, pois esse conhecimento é indispensável. Para uma atuação com maior segurança, responsabilidade e efetividade, os profissionais da área de estética podem investir em cursos de pós-graduação. 
 
A Pós-Graduação em Estética dá ao indivíduo a oportunidade de direcionamento para a área com que ele mais se identifica, oferecendo-lhe suporte técnico, teórico e prático para que exerça suas funções com excelência no mercado. 
 
Conheça agora os cursos de Pós-Graduação em Estética da USCS: https://bit.ly/3jj4bH0