Como a psicologia pode ser eficiente para comunicar uma crise?

Como a psicologia pode ser eficiente para comunicar uma crise?

image

A comunicação sobre um momento de crise precisa ser extremamente cuidadosa e assertiva. Dentro de um ambiente corporativo, a empresa precisa saber se posicionar corretamente a fim de informar e evitar um clima de pânico total. Para que isso seja feito corretamente, a psicologia e os profissionais da área podem ajudar a montar comunicados com esse tipo de posicionamento.
 

O primeiro passo para emitir um comunicado eficaz é conhecer o público que se quer atingir, colher dados, analisá-los e elaborar um conteúdo rico de informações. Vamos usar como exemplo a pandemia no novo coronavírus. Foi preciso que os departamentos de recursos humanos das empresas se empenhassem em desenvolver um informativo com instruções de prevenção, os perigos da doença, a importância de se cuidar e os cuidados para evitar o contágio de outras pessoas ao seu redor.

VEJA TAMBÉM:

O gestor nos dias de hoje e seus desafios corporativos

O que podemos esperar do mercado de trabalho pós-pandemia?

A liderança e os novos desafios em um momento de pandemia

A importância de o líder manter a calma em um momento de crise

Além disso, é preciso construir uma rede de acolhimento, e, nesse caso, os psicólogos são os profissionais ideais para isso, já que entendem profundamente as necessidades e as dores dos seres humanos.
 

A comunicação deve ser elaborada de forma que o público-alvo seja atingido com eficiência, já que por trás do conteúdo foi feito um estudo amplo e profundo sobre aquele grupo social. Saber comunicar-se em um momento de crise é uma habilidade que precisa ser exigida das empresas, pois é dessa forma que todos se sentirão assistidos e amparados, já que o profissional que está redigindo o informativo está preocupado em ser compreendido.
 

Conheça o curso da Pós USCS em Psicodrama Organizacional – Desenvolvendo Indivíduos, Relações e Grupos: https://bit.ly/3eQNIVE