A psicologia esportiva

A psicologia esportiva

image

O esporte, seja qual modalidade for, depende de uma série de fatores para que o atleta consiga alcançar seus objetivos. Além de contar com uma saúde física excelente, é essencial também que a pessoa desfrute de emoções e sentimentos mais equilibrados para lidar da forma certa com as pressões e os desafios durante as competições. É exatamente isso que a

Psicologia Esportiva estuda, pois, para os profissionais, é importante entender o efeito da mente na prática da atividade física.
O psicólogo pode desempenhar um papel importantíssimo junto ao atleta ou à equipe. Com esse acompanhamento, é possível fortalecer o indivíduo em diversos aspectos e ajudá-lo a lidar com a competição, com a pressão, com os objetivos, as metas, os conflitos e até a relação com os outros colegas.

 

Para uma ótima performance, o atleta precisa ter quatro competências básicas: técnica, tática, habilidade física e equilíbrio emocional. Todo indivíduo que se propõe a praticar qualquer esporte precisa ter esses quatros pontos alinhados, pois um depende do outro para ajudar na conquista de objetivos.

VEJA TAMBÉM:

O exercício físico e o nosso metabolismo

Exercício físico e mudanças moleculares

O exercício físico precisa ser um hábito na terceira idade

A importância do exercício físico para a manutenção da saúde óssea

O equilíbrio emocional é essencial para o dia a dia do atleta, já que o esporte impõe uma série de desafios em seu dia a dia. Ainda assim, a Psicologia Esportiva precisa quebrar muitas barreiras para chegar até os atletas, principalmente no Brasil.
 

A psicologia, no geral, enfrenta uma série de barreiras sociais que criam uma série de preconceitos e estigmas que impedem muitas pessoas de buscarem ajuda nos consultórios. Há quem pense que ir ao psicólogo é para aqueles que enfrentam um transtorno mental ou qualquer coisa do tipo, porém, isso é um pensamento equivocado. O apoio psicológico é para todos e pode ser usado em todos os momentos da vida, independentemente se existe ou não uma doença a ser tratada.
 

No Brasil, quando falamos de esportes, o investimento em acompanhamento psicológico é ainda mais escasso e quase inexistente em algumas modalidades. Dentro de uma profissão com tanta pressão, o acompanhamento psicológico é essencial para o atleta e o ajuda a manter os objetivos e as relações em equilíbrio, e tudo isso influencia na sua performance esportiva.
 

Conheça os cursos de Pós-graduação em Psicologia da USCS: https://bit.ly/3000CfD