Você pode usar o Neuromarketing como uma poderosa ferramenta para vendas

Você pode usar o Neuromarketing como uma poderosa ferramenta para vendas

image

Para entender o neuromaketing de forma mais profunda, é preciso compreender que há uma série de fatores e estímulos que acontecem no cérebro de modo abstrato. Às vezes, muitos dos motivadores da compra são imperceptíveis, sonoros, informativos ou olfativos.
 

Acompanhar o cliente no processo de estímulo da tomada de decisão não é tão simples quanto se imagina; há uma série de pontos que devem ser levados em consideração para que, de fato, o produto/serviço seja adquirido. O ser humano é complexo, e alguns de seus estímulos podem ser imperceptíveis aos olhos da equipe de marketing. Assim, é preciso que os profissionais desenvolvam um faro melhor para atentar aos detalhes.

VEJA TAMBÉM:

Use o Neuromarketing em sua empresa

A construção de um ótimo branding nas redes

O neuromarketing permite um entendimento profundo sobre o consumo

Antropologia e Semiótica do Consumo no Neuromarketing: o contexto simbólico e cultural da atividade

O neuromarketing ajuda a compreender as emoções implícitas que têm como consequência a compra de algo. Na dinâmica de vendas, o atendente tentará entender as emoções do consumidor e, dessa forma, ajudar a empresa a construir um perfil de seu público-alvo.
 

A identificação e o registro dos sentimentos, das emoções e das ações do cliente, envolvendo ou não a empresa na aquisição de um produto, pode ajudar a equipe de marketing a traçar estratégias mais assertivas.
Neuromarketing

 

O Marketing, de maneira simplista, visa compreender as necessidades do mercado, do cliente e os principais elementos, como preço, público-alvo, estratégias de venda, marcas e produtos. As neurociências envolvem várias áreas de conhecimento (biologia, fisiologia, medicina, psicologia, entre outras) que estudam as estruturas, o desenvolvimento e as funções do sistema nervoso. Assim, as neurociências nos oferecem a compreensão de como os estímulos (visuais, auditivos e outros) chegam ao cérebro e como os processos cognitivos (atenção, memória, motivação, emoção e muito mais) atuam frente a esses estímulos.
 

O Neuromarketing se constitui da interface entre os conhecimentos do marketing e das neurociências para a compreensão dos fatores cerebrais que determinam a tomada de decisão, o comportamento do consumidor e a lógica do consumo.
 

Dessa forma, este curso de Neuromarketing foi concebido para que os alunos aprendam as reações neurológicas a determinados estímulos externos e sejam capazes de criar estratégias mais eficazes, com base nas neurociências, para gerar desejo para determinados produtos e marcas, criar os impulsos e as motivações necessárias para conquistar, reter e fidelizar os consumidores.
 

Conheça o curso de Pós em MBA em Neuromarketing da USCS: https://bit.ly/39RqED3