Ozonioterapia e seus benefícios

Ozonioterapia e seus benefícios

image

A ozonioterapia é um procedimento seguro e integrativo, que consiste na aplicação de gases oxigênio e ozônio em diversas partes do corpo, auxiliando no tratamento de várias doenças.
 

A técnica é muito segura e recomendada para pessoas de várias idades; a única exigência é que, antes de se submeter a ela, é preciso passar pela avaliação de um profissional qualificado. As contraindicações são pouquíssimas e os efeitos colaterais também.
 

VEJA TAMBÉM:

A massagem com pedras quentes e os benefícios para o nosso organismo

Bioestimulação com colágeno: o procedimento está virando uma tendência

Características essenciais para os profissionais de estética se destacarem no mercado

Estabelecimentos do ramo de estética crescem, e 2021 pode ser um ano promissor para a área

A ozônio é uma molécula poderosa e biológica, presente na natureza e em nosso organismo. Por meio de sua ação, é possível estimular uma melhora funcional e natural da capacidade de nosso corpo, melhorando o quadro de várias doenças.
 

É uma técnica com um poderoso poder anti-inflamatório, fortalecedor do sistema imunológico e que combate antígenos. Além disso, o ozônio é um agente importante no combate de vírus, bactérias e micróbios.
 

Benefícios da ozonioterapia
 

•    Promove a oxidação dos lipídios.
•    Melhora a circulação e a oxigenação.
•    Melhora o sistema imunológico e o fluxo sanguíneo dos líquidos nas células da derme.
•    Tem um efeito lipolítico e é eficiente na quebra de gorduras.
•    É um poderoso agente da regeneração.
•    Modula a cascata inflamatória.
•    Melhora a elasticidade e a firmeza da pele.
•    Ajuda na redução das medidas.
•    Elimina a celulite.
•    Tem um efeito germicida.
•    Promove a diminuição do inchaço.
•    Melhora e otimiza a liberação de ozônio nos tecidos.

 

Além de desempenhar um papel importantíssimo para a manutenção da saúde, a ozonioterapia é um procedimento estético que pode ser amplamente utilizado para tratar diversas disfunções estéticas, como:
 

•    acnes;
•    celulites;
•    gordura localizada;
•    flacidez;
•    hipercromias;
•    estrias;
•    rugas.

 

O Fisioterapeuta Esteta pode realizar a ozonioterapia, porém, para que possa executar atividades no campo da estética, é preciso que o profissional tenha um curso de especialização na área.
A Pós USCS oferece o curso de Pós-Graduação em Fisioterapia Dermatofuncional, que tem como objetivo:

 

•    ensinar e desenvolver técnicas voltadas para a Dermatofuncional Estética e Cosmetologia, utilizando equipamentos de estética avançada e associações com dermocosméticos;
•    corrigir disfunções dermatofisiológicas;
•    ensinar protocolos de estética facial e corporal;
•    ensinar e aperfeiçoar técnicas com o uso de equipamentos de estética avançada, como laser e aparelhos eletroterapêuticos;
•    ensinar protocolos utilizados na cosmetologia;
•    avaliar e indicar o melhor tratamento para as disfunções dermatológicas;
•    ter noções de preenchimento subcutâneo, fios de sustentação, intradermoterapia e aplicação de toxina botulínica.

 

A ozonioterapia é considerada uma prática integrativa pelo Ministério da Saúde (MS) e, de acordo com o Coffito, o fisioterapeuta tem respaldo para atuar em todo ato normalizado pelo MS.
 

Especialize-se na área de Fisioterapia Dermatofuncional. Conheça o curso de Pós-graduação da USCS: http://bit.ly/2Rydfdn