Os alimentos podem ser um meio de transmissão do coronavírus?

Os alimentos podem ser um meio de transmissão do coronavírus?

image

O coronavírus tem sido a maior preocupação mundial atualmente. Por ser ainda um vírus muito novo, os especialistas estão estudando suas características. Uma das dúvidas que surgiram em meio a essa pandemia é se o vírus pode ser transmitido através de alimentos, e a ciência ainda busca respostas para essa questão.
 

Na verdade, não há nenhuma evidência de que os alimentos possam ser vetores do vírus. Em epidemias de vírus parecidos com o da Covid-19 que já foram estudados, não foi encontrada nenhuma evidência de que é possível haver contaminação através de alimentos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) acredita que o vírus deve se comportar igual aos outros que pertencem à mesma família.

VEJA TAMBÉM:

Ministério da Saúde cria guia alimentar para crianças de até dois anos

Nutricionista pode solicitar exames laboratoriais?

O fortalecimento do sistema imunológico através da alimentação

A importância de legumes, verduras e frutas para a saúde dos atletas

É correto afirmar que o vírus precisa de um hospedeiro para conseguir se multiplicar, e o contágio acontece de pessoa para pessoa ou de forma indireta. Além disso, esse tipo de vírus é muito sensível, e sob temperaturas altas, utilizadas para cozinhar alimentos, ele não resistiria. Outro meio de transmissão já confirmado pelos cientistas e autoridades de saúde acontece por forma indireta, ou seja, através do contato com superfícies e objetos que estão infectados. É por isso que as autoridades estão investindo em campanhas em prol da conscientização sobre a higiene das mãos, orientando a todos sobre a importância de lavá-las e utilizar álcool em gel com frequência durante o dia. Este é um dos grandes motes da prevenção.
 

Neste caso, a orientação que fica para as pessoas que manipulam alimentos é manter a higiene devidamente adequada para evitar uma série de doenças, e, claro, manter as mãos sempre limpas e o ambiente onde o alimento será preparado desinfetado. Isso é importantíssimo para manter a proteção. Muitos especialistas também indicam que todas as embalagens que chegam do supermercado devem ser higienizadas, pois o vírus pode permanecer nessas superfícies durante horas ou dias.
 

Conheça o curso de Pós em Vigilância Sanitária e Qualidade de Alimentos: https://bit.ly/2CztIJg