Educação 4.0

Educação 4.0

image

A educação, muitas vezes, pode deixar a desejar, por se utilizar de um sistema mais padronizado e menos aberto para o desenvolvimento de outros aspectos. Dentro da sala de aula, obtemos as ferramentas e as instruções necessárias para nos desenvolvermos tecnicamente.

Porém, no ambiente educacional, precisamos realizar mudanças, para que os alunos sejam convidados a uma evolução mais abrangente.
Quando estamos nos aventurando pelo mundo da educação, sabemos, claramente, que, nesse momento, aprenderemos uma série de questões técnicas. Mas quando teremos tempo para nos desenvolvermos no sentido socioemocional?

 

VEJA TAMBÉM:

Neuropsicopedagogia x Psicopedagogia

Habilidades cognitivas e o aprendizado remoto

A importância da análise de comportamento para os professores

Desvalorização salarial é uma das mais graves dificuldades dos professores

Para que haja um desenvolvimento abrangente do indivíduo, o sistema de educação precisa entender a importância de exaltar as habilidades, os valores e as competências de cada um. Quando sabemos do que gostamos, nós temos foco, segurança e determinação para atingir resultados.
 

O conhecimento técnico é importantíssimo para o seu ingresso no mercado de trabalho, contudo, não podemos nos preocupar somente com isso. Dessa forma, o sistema educacional precisa entender que o ser humano é muito mais complexo e precisa de um “empurrãozinho extra” para se desenvolver em aspectos pouco discutidos dentro da sala de aula.
 

É preciso criar uma jornada de autoconhecimento para entendermos nossas particularidades, independentemente de quais sejam elas. Quando nos conhecemos, podemos entender quais as melhores vagas de trabalho para o nosso perfil, garantindo, assim, o sucesso pessoal, profissional e corporativo.
 

Além disso, o desenvolvimento e o autoconhecimento de nossas questões socioemocionais podem gerar grandes frutos para a vida pessoal do indivíduo e para a empresa em que ele atua. A Educação 4.0 enxerga o ser humano por aspectos menos técnicos e passa a ter uma perspectiva mais humana.

 

 

 

Vídeo Aula Grátis

Metodologias Ativas: Inovação na educação ou educação para inovação?