Cultivar bons hábitos alimentares é importantíssimo para pessoas autistas


Postado em 29/08/2019



A nossa alimentação está ligada ao nosso bem-estar em todos os sentidos, e quando se trata de pessoas autistas, a dieta saudável é uma bandeira que precisa ser levantada. A ciência nutricional (nutrigenômica) comprova a eficácia de bons hábitos alimentares na prevenção e no tratamento de doenças. Para indivíduos autistas, a aplicação desse hábito pode ajudar no desenvolvimento cerebral e no equilíbrio das funções neurológicas.
 

Nutrição e autismo
 

O autismo é classificado como um desequilíbrio neurológico que causa uma desordem nas atividades cerebrais, afetando a interatividade social e a comunicação. Contudo, os fatores que podem causar o autismo são variados, podendo ser genéticos ou devidos à complicação na gravidez, por exemplo. E a nutrição entra como fator crucial, já que a escolha certa dos nutrientes pode ajudar na amenização de crises e nas relações sociais do indivíduo.

VEJA TAMBÉM:

Anvisa avaliará o uso de gorduras trans em alimentos industrializados

Nutrição esportiva, o que é?

Nutrição e o tratamento oncológico

Alimentos mais prejudiciais à saúde

Bons alimentos são a resposta para a amenização de problemas de interação, foco, concentração e atenção. Porém, é importante é ter um acompanhamento de um profissional da área da nutrição, pois é preciso avaliar e analisar uma série de fatores clínicos para a seleção dos alimentos da dieta.
 

Autismo: a esperança pela nutrição
 

Pessoas com autismo sofrem com uma instabilidade em sua flora intestinal que dificulta a sua digestão. Além disso, as proteínas contidas em alimentos como trigo, centeio e cevada, quando chegam até a corrente sanguínea, podem causar alterações no comportamento da pessoa.
Por isso, há a necessidade de restringir o consumo de alimentos industrializados, já que os componentes desses alimentos podem causar hiperatividade. Criando o hábito de fazer refeições saudáveis e equilibradas, o paciente autista irá sentir os efeitos da diminuição de gases, estufamento abdominal e cólicas intestinais.

 

Profissionais de Nutrição: especialização na área
 

A Pós-Graduação em Nutrição Clínica Avançada: Metabologia, Terapêutica Nutricional E Dietoterapia foi concebida no intuito de aprimorar a formação do profissional nutricionista inserido nesse panorama, adotando recursos teórico-científicos aplicados ao cenário profissionalizante, com ênfase na prática clínica, capazes de orientar a análise e a tomada de decisões equilibradas e exequíveis para a promoção, a manutenção e a recuperação da saúde de indivíduos. Saiba mais sobre o curso: https://bit.ly/2VXujtr
 

0800 767 8727
(11) 94548-3386




Outros Links