Ministério da Saúde convoca alunos e profissionais da área da saúde no combate ao COVID-19

Ministério da Saúde convoca alunos e profissionais da área da saúde no combate ao COVID-19

image

Na última quinta-feira (2), o Ministério da Saúde publicou uma portaria em caráter emergencial, profissionais de 14 categorias da área da saúde e estudantes estão sendo convocados para trabalhar no Sistema Único de Saúde (SUS) para combater o novo coronavírus.
 

Os estudantes poderão ter direito a bolsa de até R$1.045, por hora, estão sendo convocados alunos dos cursos de medicina, enfermagem, fisioterapia e farmácia. O pagamento dos profissionais atuantes poderá ser feito posteriormente, a medida está prevista por lei.

VEJA TAMBÉM:

Coronavírus: como o Brasil está lidando com os casos confirmados e com as medidas de prevenção?

Como fica a indicação de exercícios pelos Fisioterapeutas para os pacientes com COVID-19?

O atendimento nutricional de pacientes graves com COVID-19

Um olhar sistêmico aos dias de Covid-19


Regras para participar

•    Podem participar alunos matriculados no ensino superior em instituições públicas e privadas.
•    Alunos que estão cursando o 5º e 6º ano de medicina.
•    Alunos que estão cursando o último ano de graduação de Enfermagem, Fisioterapia e Farmácia.

 

Bonificação
 

Enquanto atuarem na ação junto ao SUS, os alunos terão direito ao recebimento de uma bolsa, enquanto a medida emergencial durar. O valor será pago de acordo com a carga horária de estágio supervisionado, ou seja, 40h de estágio o valor é de um salário mínimo (R$1.045), o cumprimento de 20h dá o direito à bolsa de R$522,50.
 

Além disso, os alunos ainda receberão 10% na pontuação no ingresso em um programa de residência do Ministério da Saúde, durante o prazo de dois anos, e o certificado de participação.
 

Os alunos que não estão cursando o último ano dos cursos de Medicina, Farmácia, Fisioterapia e Enfermagem, também podem participar da iniciativa. E poderão também obter desconto nas mensalidades, caso esteja vinculado a uma instituição privada. Todos, independentemente do ano que está cursando, serão supervisionados por profissionais atuantes na área da saúde.
 

Profissionais de mais de 14 áreas da saúde são convocados para a ação
 

Além dos estudantes, o Ministério da Saúde também convoca 14 categorias da área da saúde para a realização de capacitação, em caráter emergencial. Todos trabalharão em conjunto para o combate ao coronavírus no SUS.
 

Esta convocação está prevista na lei 13.979/2020, que aborda as principais medidas que podem ser adotadas em situações emergenciais de saúde pública. Além disso, está previsto também que o pagamento a esses profissionais pode ser feito posteriormente.
 

Os profissionais podem ser solicitados nos munícipios, estados ou Distrito Federal, e devem atuar na assistência dos pacientes do SUS em todos os níveis de atenção. Todos ficarão disponíveis para o Ministério da Saúde para o que for necessário.
 

Cadastro
 

Os profissionais devem fazer um cadastro online do Ministério da Saúde, ao final dessa etapa, ele receberá um link para fazer um curso à distância de capacitação. O curso é baseado nos protocolos oficiais de combate ao Covid-19 e aprovados pelo Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (Coes). Será comunicado aos respectivos conselhos sobre os profissionais que não atenderem à comunicação.
 

Categorias convocadas
 

•    Biologia.
•    Enfermagem.
•    Educação Física.
•    Fonoaudiologia.
•    Fisioterapia e Terapia Ocupacional.
•    Serviço Social.
•    Medicina.
•    Medicina Veterinária.
•    Farmácia.
•    Biomedicina.
•    Nutrição.
•    Psicologia.
•    Técnicos em Radiologia.
•    Odontologia.

 

Fonte:
https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/04/02/ministerio-da-saude-convoca-veterinarios-dentistas-e-ate-profissionais-de-educacao-fisica-no-combate-ao-novo-coronavirus.ghtml
https://www.saude.gov.br/noticias/46636-alunos-da-area-de-saude-poderao-ajudar-no-combate-ao-coronavirus