Planos de saúde terão consultas ilimitadas para Psicologia e Fonoaudiologia

Planos de saúde terão consultas ilimitadas para Psicologia e Fonoaudiologia

image

Desde o dia 1º de Agosto está valendo a resolução da Agência Nacional de Saúde Suplementar que aprovou o fim da limitação do número de consultas e sessões com Psicólogos, Fonoaudiólogos, Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais.
 
Agora, qualquer pessoa com qualquer doença ou condição de saúde listada pela Organização Mundial da Saúde terá cobertura ilimitada para todas as quatro especialidades.
 
De acordo com a decisão da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o atendimento dos pacientes vai considerar apenas a prescrição do médico do paciente. Assim, as diretrizes de utilização para consultas e sessões com esses tipos de profissionais não têm mais validade.
 
Consultas ilimitadas com psicólogos e fonoaudiólogos já eram direito dos pacientes com transtornos globais do desenvolvimento, desde o dia 1º de julho — considerando, inclusive, qualquer método ou técnica indicada pelo médico.
 
Qual a motivação e o impacto desta mudança?
 
Uma mudança como essa tem um impacto considerável na vida de milhões de pessoas. Afinal, os planos de saúde reúnem 49,6 milhões de beneficiários no Brasil. De acordo com a Agência Nacional de Saúde, esse número continua crescendo.
 
Nos planos médico-hospitalares, em um ano houve crescimento de 1.557.174 beneficiários — o equivalente a 3,14% de aumento em relação a maio de 2021. No comparativo de maio de 2022 com abril de 2022, o crescimento foi de 240.096 usuários” — informa reportagem da Revista Exame com dados da Agência Nacional de Saúde.
 
A ANS justificou a decisão de tornar ilimitadas as consultas com psicólogos e fonoaudiólogos afirmando que é preciso “promover a igualdade de direitos aos usuários da saúde suplementar e padronizar o formato dos procedimentos atualmente assegurados, relativos a essas categorias profissionais”.
 
Isso significa que muitas pessoas que não tinham acesso a profissionais como psicólogos, fonoaudiólogos e fisioterapeutas, agora poderão:
 
  • desfrutar do serviço desses profissionais;
  • conseguir tratar suas enfermidades e limitações;
  • melhorar sua qualidade de vida;
  • voltar ao mercado de trabalho, etc.
A decisão da ANS representa um impacto altamente positivo também para os psicólogos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais que, agora, ganham milhões de possíveis clientes a mais.
 
Aliás, provavelmente haverá falta de profissionais qualificados para atender a alta demanda que a resolução da ANS vai gerar.
 
Como informa a revista Exame, “a medida vale para usuários com qualquer diagnóstico, de acordo com a indicação do médico assistente, e inclui todos os planos regulamentados que tiverem cobertura ambulatorial (consultas e exames)”.
 
Se você é um psicólogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta ou terapeuta ocupacional, a minha sugestão é que você olhe as opções de Pós EAD na USCS  e se qualifique ainda mais para atender os clientes que já estão chegando.
 
Acesse nosso site. Pesquisa a melhor Pós EAD que vai preparar você para uma demanda crescente de pessoas buscando os seus serviços.
 
Acesse. Inscreva-se. Venha fazer sua Pós EAD na USCS.