A diferença entre Psicanálise e Psicologia Analítica

A diferença entre Psicanálise e Psicologia Analítica

image

Para atender a busca cada vez maior por uma especialização na Psicologia de Jung, a Universidade de São Caetano do Sul (USCS) oferece a pós-graduação em Psicologia Analítica: abordagem junguiana.  Isso é necessário por causa da grande demanda entre os profissionais da Psicologia, Medicina e de outras áreas da saúde e da educação por cursos que realmente os capacitem a aplicar os conceitos e técnicas da psicologia junguiana.
 
Em um artigo sobre a presença da Psicologia Analítica em cursos de graduação e pós-graduação, a professora Laura Villares de Freitas sugere quais são as razões do interesse que faz psicólogos, médicos, pedagogos e professores buscarem cada vez mais uma especialização na abordagem junguiana.
 
Segundo a psicóloga junguiana, doutora em Psicologia Clínica e professora  que ensina a psicologia de Jung há mais de 24 anos em uma das principais universidades brasileiras:
 
O crescente e diversificado interesse pela Psicologia Analítica parece revelar o quanto Jung tem a contribuir para a compreensão da realidade atual, seja em âmbito brasileiro ou internacional, seja permitindo permanecer numa região de interface entre as diferentes áreas de conhecimento, seja dando continência conceitual para uma visão de ser humano que o considera em sua complexidade, profundidade, pluralidade dentro da unidade, num constante movimento energético de desenvolvimento a partir da elaboração de tensões entre polaridades, que aborda, além dos aspectos patológicos, o potencial criativo do ser humano e da cultura e oferece a perspectiva do processo de individuação.
 
A compreensão de muitos profissionais é que Jung, de fato, contribui muito para a compreensão da realidade brasileira; inclusive, ao proporcionar um entendimento mais amplo acerca do potencial criativo do ser humano e da cultura — em comparação à Psicanálise — e oferecendo uma nova perspectiva do processo de individuação.
 
Isso nos lembra da diferença entre a Psicologia Analítica de Jung e a Psicanálise de Freud.
 
A Psicanálise pressupõe que o material reprimido escondido no inconsciente é dado por instintos sexuais reprimidos. Carl Jung rejeitou essa ideia e propôs uma abordagem mais geral, recusando-se a fazer uma suposição pré-concebida sobre o material inconsciente.
 
Um dos conceitos mais distintivos da Psicologia Analítica é o da individuação, que pode ser explicado como “um processo que significava tornar-se um ser único, alcançar uma singularidade profunda, tornando-nos o nosso próprio Si-mesmo”. 
 
Um processo que só ocorreria a partir do meio da vida quando, após construir sua vida e suas relações de modo satisfatório, o homem  volta-se mais para seu mundo interno para resgatar aquilo que foi abandonado ou ficou à margem.
 
Isso explica porque a abordagem junguiana é a mais indicada para quem está buscando autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.
 
  1. Melhorar suas habilidades clínicas e conhecimentos da Psicologia Analítica.
  2. Expandir e aprofundar o seu conhecimento teórico e prático da Psicologia Analítica.
Então, não espere mais. Acesse o nosso site e faça a sua inscrição. Inclua essa pós no seu currículo e essa competência no seu exercício profissional.