Transtorno alimentar é um problema que também afeta os homens

Transtorno alimentar é um problema que também afeta os homens

image

Engana-se quem pensa que os transtornos alimentares atingem apenas mulheres. Muitos estudos revelam que o público masculino também vem sofrendo muito com essa doença ao longo dos anos, porém, há pouquíssimos dados científicos sobre a incidência.Na verdade, aconteceu um aumento significativo no número de casos em ambos os sexos. A obsessão pelo emagrecimento tem causado problemas sérios de saúde mental em jovens.
 

A única diferença entre os quadros manifestados em homens e mulheres é que, no público masculino, a busca é por um corpo mais musculoso – o que também pode ser caracterizado como um transtorno alimentar. Isso, porém, não anula aqueles que entram em uma obsessão extrema por manter o corpo magro. Já em mulheres, há uma incidência maior na procura por um corpo mais magro.  
 

Sintomas dos transtornos alimentares
 

•    Distorção da imagem corporal.
•    Medo excessivo de ganhar peso.
•    Necessidade urgente de emagrecer.
•    Momentos de restrição da alimentação alternados com períodos de compulsão.

 

É importante ressaltar que as pessoas que sofrem com um quadro de transtorno alimentar precisam procurar ajuda. Uma equipe multidisciplinar precisa participar desse tratamento. A pessoa precisa ter o acompanhamento nutricional, psicológico e clínico para que possa enfrentar a doença.
 

O nutricionista desempenha um papel tão importante quanto o do psicólogo, já que é ele quem vai ajudar no restabelecimento de uma dieta saudável, para que a pessoa recupere sua saúde física o mais rápido possível.
 

Entender de doenças que fogem do dia a dia do nutricionista é extremamente importante para o profissional, já que ele será obrigado a se deparar com uma série de problemas de saúde extremamente complexos, que, muitas vezes, fogem de seu escopo profissional. Porém, para melhor atender esses casos é preciso obter conhecimento científico e se tornar um profissional mais humano.
 

A especialização tem se tornado uma ótima opção para quem quer continuar os estudos em um curso mais flexível. Conheça nossos cursos na área:
 

Presencial: https://bit.ly/2rceDaF
A distância: https://bit.ly/2PQkJaY


Fonte: https://nutricaosemneura.blogosfera.uol.com.br/2019/07/31/transtornos-alimentares-tambem-afetam-os-homens/