Violência: um grave problema de saúde pública


Postado em 13/06/2018



Prof.  William Malagutti

Coordenador do curso de especialização em Saúde Pública e ESF para Enfermeiros

A violência é uma questão de ordem social que permeia os grandes centros urbanos, tornando-se um problema para área de saúde, porque afeta a saúde individual e coletiva dos indivíduos envolvidos, causando sofrimento físico e mental aos habitantes dos grandes centros urbanos.

 

A violência provoca grande impacto na qualidade de vida das pessoas, sejam pelas lesões físicas, psíquicas, espirituais e morais que acarreta nos indivíduos, exigindo uma maior atenção de cuidados despendida por profissionais da área de saúde em serviços médicos, assistência de enfermagem, suporte psicológico e internações hospitalares.
 

Podemos elencar as diferentes tipologias de violência como:
 

a) Acidentes de Trânsito e/ou e Trajeto, envolvendo condutores de automóveis e motocicletas bem como pedestres;
b) Agressões por terceiros do tipo: física, sexual, psicológica, abandono, negligência bem como síndrome de maus tratos em crianças, mulheres e idosos, provocados por familiares e/ou desconhecidos;
c) Autoagressão e/ou Autoextermínio,  provocada por ferimentos por armas de fogo e armas brancas, envenenamentos entre outros;
d) Outros acidentes: queda do mesmo nível, afogamento, queimaduras, choques elétricos provocados e mordeduras por animais não vacinados entre outros.
e) Violência Institucional.
f) Violência financeira.

Percebemos que atualmente convivemos com uma diversidade grande de violência em nosso cotidiano, isso ocorre devido a fatores como: desigualdades sociais, desajustes comportamentais por parte de alguns indivíduos e estresse da vida moderna.

 

Para minimizar esse problema, é necessária a coparticipação de órgãos público-privados comprometidos em esforços coletivos, objetivando controlar essa situação grave na Saúde Pública, bem como a contribuição de pacientes que sofreram algum tipo de violência comparecendo às unidades de Saúde para preencher uma notificação.
 

Na cidade de São Paulo, a Secretaria Municipal de Saúde, tem um programa inserido nas Supervisões de Saúde de Vigilância Sanitária da capital com o objetivo de identificar, notificar e controlar os diversos tipos de violências através de um instrumento denominado SIVA – Sistema de Informação para a Vigilância  de

Acidentes, e atualmente o Sistema de Notificação em Agravos e Notificação – SINAN, específico para notificação das Violências, que será um norteador que contribuirá para a formulação de políticas públicas de saúde, relacionadas a esse grande problema do mundo globalizado.
 

É, portanto necessária a formulação urgente de políticas públicas de saúde e organização de práticas e serviços pertinentes a essa situação conhecendo-se o perfil da nossa cidade e avaliando os problemas sociais que estão presentes em cada comunidade para minimizar essa situação que pode afetar a todos nós.


 

0800 767 8727
(11) 94548-3386




Outros Links