Vigi água


Postado em 07/08/2018



Instrumento importante da Vigilância Ambiental para controle da qualidade da água para consumo humano

William Malagutti
Coordenador do curso de Pós-graduação em Saúde Pública e ESF para Enfermeiros

A água tem fundamental importância para a manutenção da vida no planeta e, portanto, falar da relevância dos conhecimentos sobre a água, em suas diversas dimensões, é falar da sobrevivência da espécie humana, da conservação e do equilíbrio da biodiversidade e das relações de dependência entre seres vivos e ambientes naturais.
 

Na sociedade em que vivemos, a água passou a ser vista como recurso hídrico e não mais como um bem natural, disponível para a existência humana e das demais espécies. Passamos a usá-la indiscriminadamente, encontrando sempre novos usos, sem avaliar as consequências ambientais em relação à quantidade e qualidade da água.
 

Somada ao aumento populacional em escala mundial no último século, a intensidade da escassez aumentou em determinadas regiões do planeta, especialmente por fatores antrópicos ligados à ocupação do solo, à poluição e contaminação dos corpos de águas superficiais e subterrâneos.
 

Em nossa sociedade, a exploração dos recursos naturais, dentre eles a água, de forma bastante agressiva e descontrolada, levou a uma crise socioambiental bastante profunda. Hoje nos deparamos com uma situação na qual estamos ameaçados por essa crise, que pode se tornar um dos mais graves problemas a serem enfrentados neste século.
 

Diante de toda essa problemática a Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, em sua área de Vigilância ambiental, utiliza o instrumento Vigi água, com o objetivo de conhecer a qualidade de água para consumo no município, e com isso auxiliar no controle de doenças transmitidas pela água que acabam comprometendo a saúde da população, com desdobramentos muitas vezes graves e fatais com complicadores e muitas vezes remetendo á morte de alguns sujeitos.
 

Os objetivos do Vigi água são:
 

•    Reduzir a morbimortalidade por agravos de transmissão hídrica, e por meio de ações de vigilância sistemática da qualidade de água consumida pela população;
•    Buscar a melhoria das condições sanitárias das diversas formas de abastecimento de água para o consumo humano;
•    Avaliar e gerenciar o risco de saúde das populações sanitárias das diversas formas de abastecimento de água;
•    Monitorar sistematicamente a qualidade da água consumida pela população, nos termos da população vigente;
•    Informar a população sobre a qualidade da água e riscos á saúde;
•    Apoiar o desenvolvimento de ações de educação em saúde e mobilização social;
•    Coordenar o Sistema de informação de Vigilância da Qualidade a água – SISAGUA.

 

Com a atuação do Vigiágua junto as Secretarias de Saúde, associado à conscientização da população no sentido de não poluir a água, somado com estratégias de Educação Ambiental pelas equipes da Vigilância ambiental, todos juntos iremos conseguir garantir o direito de uma qualidade adequada da água , que é o nosso líquido imprescindível para manutenção de nossa vida no planeta.

Referências:
1.    Bacci, DC de la, Pataca, EM. Educação para água.  Estudos avançados. n.  22 (63), 2008. Disponível em : http://www.scielo.br/pdf/ea/v22n63/v22n63a14.pdf acesso em 20/06/2018.
2.    Radicchi, ALA; Lemos, AF. Saúde Ambiental. Núcleo de Educação em Saúde Coletiva – Nescom , Belo Horizonte, 2009



 

0800 767 8727
(11) 94548-3386




Outros Links