Como desenvolver uma cultura de melhoria contínua?

Como desenvolver uma cultura de melhoria contínua?

image

Para uma empresa que queira manter-se no mercado globalizado e marcado pela incerteza, nada é tão importante como a busca pela melhoria contínua nos processos e na redução de custos.
 
Essa certeza é evidente não apenas no artigo de Leonardo Seixas sobre “Custos da qualidade em empresas brasileiras”, mas também no dia-a-dia de todo gestor empenhando em aumentar a eficiência de sua empresa.
 
Todos os caminhos para o sucesso duradouro de qualquer empresa passam, necessariamente, pelo que chamamos de melhoria contínua.

Leia também:
 
 
 
 
 
Cultura de melhoria contínua não deveria ser restrita a grandes empresas
 
Talvez você pense que programas de melhoria contínua são coisa de gigantes como Toyota — que criou o Sistema Toyota de Produção que deu origem  ao Lean Manufacturing —  ou Motorola, onde nasceu o Lean Six Sigma.
 
É verdade que nas grandes empresas há mais consciência acerca do custo da falta de qualidade; mas você sabia que as empresas menores são as que mais sofrem com as perdas pela falta de qualidade?
 
É o que diz Letícia Costa, consultora especializada na indústria de autopeças. De acordo com pesquisa do Sindipeças, empresas que faturam acima de R$ 500 milhões perdem 1,7% das vendas por causa da falta de qualidade.
 
As empresas que faturam entre 50 e R$ 200 milhões perdem muito mais — cerca de 9,1% das receitas são perdidas com problemas de qualidade, como retrabalhos e trocas em garantia.
 
Seja o profissional que essas empresas precisam
 
Os profissionais capazes de mudar o cenário de perdas com falta de qualidade são aqueles certificados Black Belt e capazes de gerar melhorias de alto impacto nas empresas.
 
O Black Belt é um profissional treinado na metodologia Lean Seis Sigma — e não há melhor maneira de você se tornar um do que na pós-graduação em Lean Six Sigma da USCS.
 
Como diz Ana Clara Macedo, os Black Belts são os faixas-preta do Lean Six Sigma. Eles são especializados em “entender os problemas e buscar melhorias para diminuir ou eliminar falhas que possam afetar a produtividade de uma empresa”.
 
Com a pós-graduação da USCS você será capaz de planejar e coordenar estratégias de melhoria contínua em qualquer empresa em qualquer lugar do mundo — um dos nossos professores fez isso numa empresa de alumínio na Rússia.
 
Você também estará apto para coordenar a implantação, monitorar o desempenho ou liderar projetos de Six Sigma, isto é, de melhoria contínua, desenvolvidos dentro da empresa.
 
Isso fará de você um profissional altamente qualificado. Muito bem remunerado e com portas abertas em empresas grandes e pequenas de qualquer segmento e em qualquer lugar.
 
Quer saber mais? Acesse o site. Faça sua inscrição. E seja um profissional especialista em Lean Six Sigma.