Professor Fernando Savino concede entrevista sobre a rotina no setor de Recursos Humanos


Postado em 03/08/2018



O Prof. Fernando Savino concedeu uma entrevista onde ele contou sobre como é o dia a dia de um profissional de RH. Além disso, respondeu questões importantíssimas sobre o ambiente corporativo com a visão de um gestor de Recursos Humanos.
 

Confira a entrevista completa:

1. Quais os principais desafios da profissão?

 

Savino - O setor de RH faz ponte entre a empresa e o funcionário, sendo assim está em constante cobrança de sua atuação. Lidar com a responsabilidade de representar a empresa de forma eficaz, preservando sua cultura, políticas e valores, e ao mesmo tempo analisar e atender as exigências e as necessidades dos colaboradores é um grande desafio.
 
2.Vale a pena ser gestor de RH?

 

Savino - Para quem tem como propósito e valores uma visão altruísta e humanizada, acredito que valha a pena sim. Por mais desgaste que sejam as responsabilidades e a exposição do setor e do cargo específico, é gratificante atuar de forma efetiva no desenvolvimento das pessoas e na contribuição de transformações das pessoas dentro do cenário organizacional.
 

3. Qual a sua maior superação dentro da carreira?
 

Savino - Como eu tenho um perfil muito relacional e intuitivo, senti muita dificuldade em ser mais organizado e controlar tarefas. Com o tempo fui internalizando a necessidade de integrar essas competências em meu perfil para realizar uma melhor gestão.
 
4. Qual a pior coisa que já vivenciou na função?

 

Savino - Passar por uma auditoria em uma reestruturação da empresa, entendo que foi um momento doloroso em minha carreira, entretanto uma oportunidade para que eu pudesse cobrir meus Gaps de competências.
 
5. Como incentivar os funcionários?

 

Savino - Para incentivar os funcionários é preciso conhecê-los primeiro, muitas empresas procuram soluções de “prateleira” para motivar seus colaboradores o que não gera motivação. Para esse tema gosto muito do livro do Eduardo Carmello “ Gestão da Singularidade” que propõe entendermos os nossos colaboradores como únicos em suas personalidades. Para isso é preciso se dedicar em pesquisas internas, aplicações de avaliações de perfis e de competências e bastante comunicação.
 

5. Qual a melhor forma de lidar com conflitos? E como lidar com várias gerações?
 

Savino - Cada geração tem uma potencialidade a ser explorada, com isso o colaborador que entender que a integração e a colaboração entre as gerações irão agregar nos resultados profissionais, estará um passo à frente. É preciso pautar os relacionamentos organizacionais em valores de empatia, altruísmo e colaboração.
 

7. Você vê oportunidade de crescimento profissional em alguma área dentro de Recursos Humanos?
 

Savino - Vejo sim, com a globalização e a aceleração do mercado de trabalho oriunda do avanço tecnológico, o indivíduo dentro da organização precisará de bastante apoio para não sucumbir a tamanha pressão e constantes mudanças. O RH é um setor que pode contribuir para o desenvolvimento de cada colaborador com cursos, treinamentos, indicações de desenvolvimentos pessoais, etc.
 

8. Qual a melhor forma de lidar com um colaborador problemático?
 

Savino - Entender que tipo de problema ele gera para a empresa, quais são as razões do desvio de conduta e como a empresa pode contribuir para uma mudança de postura profissional.
Saber o quanto o colaborador está disponível para mudar é essencial para qualquer movimentação nesse sentido, uma vez que o não compromisso não faz jus a qualquer investimento por parte da empresa.
 
9. Qual conselho você daria para os ingressantes na área?

 

Savino - Se preocupar em embasar o aprendizado com cursos sólidos e que aprofundem os temas, pois o que mais temos no cenário educacional é o mais do mesmo e conteúdos superficiais.  
 
10.
Quais técnicas você usa em sua gestão para obter sucesso na área?

 

Savino - Gosto muito dos conceitos da Liderança Coach e técnicas psicométricas para o meu contato com a equipe. Utilizo também técnicas de feedback, Controle de atividades e mensuração de indicadores.

11. Além da graduação de gestão de recursos humanos, o que mais este profissional precisa ter para ser destaque em sua área?

 

Savino - É preciso se especializar em um curso de MBA ou de Pós-graduação em temas como Gestão de Pessoas ou Psicologia Organizacional.

12.  O profissional de RH é valorizado?

 

Savino - Depende dos valores da organização, se são pautados em valores humanos o RH tem um valor diferenciado. Empresas que utilizam o potencial do seu capital humano para alavancar os seus resultados, exploram muito o setor de RH para realizar uma ação estratégica.

13. Qual a melhor forma de lidar com o "dono" da empresa quando o mesmo tem uma visão limitada?

 

Savino - Os donos de empresa sofrem constantemente com a pressão de obter resultados financeiros para a organização, sendo assim, é imprescindível que os líderes da organização consigam estipular indicadores em suas áreas, assim toda e qualquer sugestão ou mudança proposta poderá ser analisada em um escopo mais sistêmico diante os resultados organizacionais. Isso é muito importante para o RH, pois algumas das soluções propostas pela área, como qualidade de vida e treinamento, obtém resultados indiretos para a empresa, entretanto ao serem mensurados com indicadores corretos, demonstram ser uma estratégia muito eficaz para maior engajamento dos funcionários e maior produtividade.  

14. Qual a melhor forma para lidar com os conflitos dentro das organizações?

 

Savino - Todo conflito só existe dentro de cada indivíduo, entendo com isso que, o que me acomete pode não ser o mesmo que acomete o próximo, mesmo que o problema em si seja o mesmo. Frente a isso a melhor forma de lidar com o conflito é praticar a empatia, respeito e comunicação direta.

 

0800 767 8727
(11) 94548-3386




Outros Links