Planos de saúde querem adotar estratégia para diminuir custos e melhorar serviços


Postado em 08/03/2019



A Federação Nacional de Saúde Suplementar (Fenasaúde) representa grupos de operadores de planos privados de saúde, e em setembro de 2018 apresentou novas propostas que visam o desenvolvimento e consolidação do setor no próximo ano.
 

O modelo atuante de agora funciona como o livre acesso a médicos especialistas, o que torna os atendimentos caros e ineficientes. A Fenasaúde quer mudar essa visão baseada apenas no tratamento de doenças e promover a saúde de fato.
 

O acompanhamento ao paciente será feito por uma equipe multidisciplinar liderada por um médico de família. O paciente passaria por uma triagem, teria um acompanhamento de seu histórico de saúde e receberia o encaminhamento para um atendimento de nível diferenciado.
 

Entre as propostas estão as mudanças no marco regulatório do setor, com o objetivo de estabelecer padrões de atendimento e qualidade. Isso tudo ocasionaria uma transparência maior no fornecimento de informações financeiras para as operadoras dos planos, hospitais, clínicas e todos os outros prestadores de serviços.
 

Além disso, as propostas sugerem a alteração no modelo de remuneração dos prestadores de serviços e a agregação de hospitais públicos na rede, podendo assim gerar mais recursos para o aprimoramento desses hospitais, e beneficiando não só os contratantes dos planos, mas também aqueles que usam o Sistema Único de Saúde (SUS).
 

0800 767 8727
(11) 94548-3386




Outros Links