A diferença entre os cargos Júnior, Pleno e Sênior


Postado em 08/06/2018



Há uma estrutura que é preciso ser criada e respeitada dentro das empresas, por isso, há a necessidade de se ter uma hierarquia dentro das instituições, que classifica os funcionários como Júnior, Pleno e Sênior.  Na verdade, funciona como um mecanismo para organizar as equipes e definir os papéis de cada um dentro da empresa.

Para a pessoa se encaixar em uma dessas classificações é preciso estar dentro de alguns quesitos, como ter uma bagagem profissional sólida e formação acadêmica que se encaixa nas exigências dos cargos.

Em sua maioria, as empresas utilizam alguns parâmetros para encaixar o profissional nos cargos, como: tempo de experiência profissional, busca por aprendizado, tempo de serviço na empresa, conhecimento técnico, formação acadêmica, habilidades e liderança.

Qual é a diferença entre as classificações?

Júnior – É o funcionário que está em começo de carreira, passou por um estágio na empresa e subiu de cargo. Suas atividades são mais básicas, menos complexas e com menor exigência profissional, geralmente são recém-graduados.

Pleno – Este profissional está acima do Júnior, geralmente são gerentes, chefes de departamento e especialistas. Tomam decisões, dominam conhecimentos técnicos e burocráticos e tem um tempo considerável de trabalho na empresa.

Sênior – Geralmente, o profissional classificado desta forma é aquela com uma vasta experiência profissional, pós-graduado, especializado, tem muitos anos de trabalho dentro da empresa e tem maturidade profissional.


 

0800 767 8727
(11) 94548-3386




Outros Links